Já imaginou reduzir o tempo de preparação de materiais na sua empresa em até 34%? Foi o que a Supertex Group, conglomerado colombiano do mercado de moda, fez ao apostar na automação da produção têxtil.

A companhia, que tem duas plantas na Colômbia e duas em El Salvador, é cliente da Delta e apostou nas relaxadeiras da empresa para otimizar seus processos. Veja aqui como aconteceu todo o processo de automação na produção têxtil e quais as vantagens que essa máquina proporcionou para o negócio:

Por dentro da Supertex

Fundada na Colômbia, a Supertex Group é uma das principais companhias do mercado têxtil na América Latina. A empresa é responsável pela fabricação e exportação de peças que compõem marcas internacionais como Adidas, Under Armour, Patagoion, entre outras.

Somando a capacidade produtiva das fábricas colombianas e de El Salvador, a Supertex produz mais de 1,7 milhão de peças ao mês. Atualmente, mais de 5,5 mil profissionais fazem parte do quadro de colaboradores da empresa.

A Supertex também acumula reconhecimentos por sua atuação. Já foi eleita, por exemplo, a melhor exportadora da Colômbia pela Associação Nacional de Comercio Exterior (Analdex) do país.

Como a automação da produção têxtil impactou o negócio

Optar por uma tecnologia brasileira foi uma decisão que a Supertex tomou após conhecer a Delta Máquinas na Colombiatex, uma das maiores feiras do setor têxtil na América Latina. No evento, o conglomerado percebeu que poderia otimizar alguns processos e agregar qualidade ao produto final com a relaxadeira da Delta.

A aquisição das relaxadeiras fez parte do Programa de Inovação da companhia, criado em 2018 com o objetivo de ampliar a capacidade produtiva e garantir altos índices de qualidade aos produtos.

Para ter uma ideia de como as relaxadeiras apoiaram o processo de automação da produção têxtil, veja o que mudou na rotina da indústria:

Antes da implementação das relaxadeiras Delta

– A Supertex precisava deixar os materiais descansarem sobre a mesa de corte por até 48 horas. Esse tempo garantia a precisão do processo. Ou seja: para que a malha pudesse ser cortada e seguir para a área de costura, eram necessários dois dias e um amplo espaço físico para o descanso.

Depois da implementação das relaxadeiras Delta

Com a relaxadeira da Delta, o processo é automatizado e o preparo de malha e tecidos com elastano para o corte ocorre automaticamente. São necessários apenas cinco minutos para que o material siga para a linha de produção.

Quais os ganhos da Supertex com a solução da Delta para automação?

Daniel Herrera, diretor de projetos da Supertex Group, destaca os benefícios quantitativos e qualitativos da solução:

“Tivemos uma economia de 34% no tempo de trabalho entre relaxamento e corte dos materiais. Antes, 10 profissionais atuavam no processo de relaxamento e medição de larguras. Agora são sete. Com a chegada da segunda máquina de relaxamento em nossa fábrica de El Salvador, estimamos que a economia de tempo seja de 50%. Com isso, apenas cinco profissionais precisarão ficar alocados neste processo. A qualidade do material relaxado automaticamente também é superior ao processo manual”.

A avaliação da Supertex em relação ao atendimento da Delta

Durante o processo de implantação da automação na produção têxtil, a Delta esteve presente no cliente. Um técnico da empresa acompanhou o processo de instalação das relaxadeiras na Colômbia e em El Salvador, para garantir o uso assertivo da máquina.

O relacionamento com a Delta, de acordo com Herrera, pode se fortalecer nos próximos anos:

“Estamos em constante crescimento, sempre buscando soluções para aumentar a capacidade produtiva e a qualidade de nossas peças. À medida em que as demandas crescem, temos a intenção de trazer novas oportunidades de automação com as máquinas da Delta para a nossa empresa”.

Saiba mais sobre as relaxadeiras da Delta e as demais soluções de automação da produção têxtil aqui.