maio 28

Existem diversos problemas que são comuns na confecção, como a dificuldade no controle de estoque, a baixa produtividade, a compra de matéria-prima de má qualidade, entre outros. Com isso, muitas empresas acreditam que não há como garantir a qualidade na confecção têxtil, mas isso é um equívoco.

Neste artigo mostraremos não só que é possível, como também te mostraremos como resolvê-los. Confira!

 

Revisão das etapas dos processos

Pessoa fazendo a análise de matéria-prima recebida em uma fábrica de confecção têxtil.

É importante que os processos sejam padronizados e mapeados justamente para poder encontrar onde estão os problemas e identificar gargalos. Portanto, se você não tem um processo completamente padronizado, comece por aí.

Os gargalos são as partes em que há uma sobrecarga que afeta a produtividade e o funcionamento da confecção como um todo. Eles podem ser causados por equipamentos, funcionários e até disposição dos equipamentos nos espaços. Isso mesmo, a maneira como você organiza o equipamentos dentro da fábrica pode estar causando um gargalo na sua produção.

Mas com a revisão das etapas do processos isso pode ser resolvido e você pode eliminar a restrição que está prejudicando o qualidade da confecção. Muitas vezes os próprios processos estão defasados, foram criados há muitos anos e não são atualizados ou os equipamentos são muito antigos, impedindo de conseguir manter a agilidade e a dinâmica que as inovações proporcionam.

 

Controle da entrada de insumos é a garantia de qualidade

Após identificar o problema, você pode procurar maneiras de resolvê-lo. Caso seja a matéria-prima que esteja gerando o desperdício de materiais e excesso de produtos de segunda qualidade, o controle e recebimento dos materiais precisa ser realizado de maneira mais rigorosa.

Para isso, já existem máquinas que verificam o tecido e disponibilizam informações a respeito das áreas que possuem defeitos como manchas e furos. Com essas informações em mãos, você poderá verificar a qualidade da matéria-prima recebida e classificar os fornecedores, de maneira que conseguirá entrar em contato com eles para resolver possíveis problemas e, em último caso, trocar de fornecedor.

 

E-book]Como garantir o controle de qualidade na indústria têxtil?

 

Automação de processos para garantir qualidade na confecção

A automação de processos também ajuda a garantir a qualidade da confecção têxtil. Equipamentos antigos e de funcionamento manual podem causar falhas, sejam elas por conta dos desgaste de peças ou por manuseio inadequado. Por isso, a automação pode ajudar em diversas frentes.

É possível, por exemplo, tornar o processo de relaxamento de malhas automático por meio de uma relaxadeira. Esse equipamento reduz o tempo para a realização do processo e ainda pode ajudar a eliminar os defeitos dimensionais em peças cortadas, proporcionar assertividade no encaixe e muito mais.

Outro exemplo é a lavadora de amostras. Com ela, ao invés de utilizar máquinas de lavar de uso doméstico e ter de usar uma grande quantidade de pano, muita água e esperar por bastante tempo, é possível realizar o processo com uma pequena amostra em vinte minutos e ainda coletar o percentual de encolhimento da malha automaticamente.

 

Você já leu esses?

 

Treinamento da equipe facilita a garantia de qualidade na confecção

A Indústria 4.0 está se tornando, mais do que nunca, uma necessidade. A revisão e automatização dos processos serão tarefas comuns em pouco tempo. Por isso, é importante investir na mão de obra, proporcionando treinamentos e as ferramentas necessárias para que possam se motivar e realizar o trabalho com o máximo de qualidade.

No treinamento, os profissionais aprenderão a utilizar as novas tecnologias que poderão ser implementadas. Além disso, irão se sentir valorizados, aumentando a motivação e evitando altos índices de rotatividade.

Viu como é possível garantir a qualidade na confecção têxtil? Inicie as mudanças internas em sua empresa e perceba o quanto elas poderão proporcionar benefícios como a redução do desperdício, aumento da produtividade, competitividade e muitos outros.

Aproveite e confira também o artigo em que falamos como reduzir o tempo da produção têxtil!