Pós pandemia

jun 25

A crise provocada pelo coronavírus deixou o caixa das empresas comprometido e a recuperação, quando começar a acontecer, não ocorrerá rapidamente. Inclusive, a retomada no pós-pandemia no Brasil pode ser até 90% mais lenta e as confecções precisam estar preparadas para este cenário.

Uma das formas de conter os impactos causados pela baixa nas vendas é a redução de custos interna. Neste momento, conter desperdícios e tornar os processos mais eficientes e lucrativos torna-se questão de sobrevivência para as empresas. Para compreender melhor como é possível atingir esses objetivos, confira as 3 formas de reduzir custos na confecção que separamos neste artigo!

 

Redesenho de processos no pós pandemia

Por vezes os processos internos não são revistos há tempos, tornando-se obsoletos e custosos. Ao fazer uma análise de todos os custos é possível encontrar maneiras de redesenhar esses processos de forma que eles se tornem mais eficientes e menos custosos.

As contas de energia elétrica são muito altas? E se fossem implantadas iluminações mais econômicas? E os outros custos? É possível reduzi-los?

Após ter em mãos essas informações e estudar todas as despesas, trace um plano de ação para eliminar aquelas que não são essenciais. Você pode perceber que é possível comprar a matéria-prima em maior quantidade e obter maiores descontos, encontrar fornecedores com menores preços (cuidado com a qualidade), investir em peças de maior giro e diversas outras ações.

Relacionados:

Eliminação de gargalos produtivos no pós pandemia

Será que o problema está em equipamentos antigos que consomem muita energia? Até mesmo a disposição dos equipamentos dentro da confecção interfere na produtividade. Também pode ocorrer de setores terem menores capacidades produtivas o que outros e isso causar uma capacidade produtiva que resulte em um gargalo e, consequentemente, em custos, uma vez que pode ser necessário armazenar parte da produção.

São chamados de gargalos os processos, recursos, equipamentos e outros fatores que estão sobrecarregados, causando lentidão no processo produtivo. Quando você analisa e redesenha processos, como instruímos no passo anterior, provavelmente encontrará gargalos que precisam ser eliminados.

Além disso, é importante não basear-se apenas em suas análises. Para obter diversos pontos de vista, reúna a equipe e fale com os principais envolvidos nas etapas produtivas. Eles conhecem e convivem com diversos problemas que nem sempre chegam até a ponta, muitas vezes por não acharem a queixa importante o suficiente. Escute-os com atenção e verifique o que realmente pode ser modificado.

 

E-book]Como garantir o controle de qualidade na indústria têxtil?

 

Investimento em maquinários mais eficientes para sair na frente no pós pandemia

Neste tópico muitos vão questionar: se é necessário fazer a redução de custos no pós-pandemia, porque gastar com equipamentos? A grande verdade é que muitos equipamentos novos podem gerar a redução de custos muito rapidamente, a ponto de se pagarem em um curto período de tempo e gerarem lucros constantes.

Esse é, inclusive, um dos benefícios da Indústria 4.0, que auxilia a tornar os processos mais assertivos. Por meio do Big Data é possível interpretar dados e tomar decisões mais eficientes e as tecnologias utilizadas permitem que os equipamentos tomem decisões de forma autônoma, reduzindo até mesmo as falhas humanas.

Já existem diversos equipamentos disponíveis que proporcionam a redução de custos e o aumento da produtividade nas confecções. Confira alguns abaixo.

Lavadora de Amostras

Com a lavadora de amostras você consegue obter resultados em 20 minutos (no processo tradicional costuma ser 3 horas), usando apenas um pequeno pedaço de tecido. Com isso, é possível verificar o percentual de encolhimento com rapidez e facilidade.

Revisadeiras

Usando a revisadeira, você pode evitar adquirir tecidos e malhas com defeitos que podem comprometer a sua produtividade e ainda gerar desperdícios. Por meio dela, você obterá dados sobre a qualidade do perfil e ainda poderá monitorar mais assertivamente a qualidade da matéria-prima enviada pelos fornecedores.

Relaxadeira

No processo convencional, o relaxamento de malhas demora de 24 a 48 horas. Ao utilizar a relaxadeira esse tempo reduz drasticamente, além de obter dados como as medidas estáveis da área útil e eliminar defeitos dimensionais em peças cortadas.

Elevador de Rolos

Com o elevador de rolos é possível otimizar a alimentação das mesas de enfesto no setor de corte e abastecer a enfestadeira de modo padronizado, assegurando que o processo não irá interferir na integridade do material.

Contador de golas

O contador de golas é um sistema de contagem de golas/retilíneas que realiza a contagem por meio de leitura de padrões de imagens, cores e intervalo de peças. Ele é eficiente, compacto e ainda conta com uma mesa de revisão que ajuda a visualizar possíveis defeitos dos itens.

Perfuradora de papel

A perfuradora de papel é utilizada para perfurar papel utilizado no enfesto/corte e permite reutilizar o papel descartado na estamparia digital (sublimação). Além de excelente qualidade na perfuração do papel, ela também otimiza o bobinamento do mesmo.

Agora você já sabe como reduzir custos na pós-pandemia, nós recomendamos que você compreenda melhor sobre o conceito da Indústria 4.0 e como ela impactará um futuro não tão distante da área têxtil!