Rendimento de tecidos

jul 09

Sua confecção tem o controle do rendimento de tecidos? Apesar de nem sempre monitorada, essa informação impacta muito nos custos, visto que o desperdício é um dos principais problemas dentro da indústria têxtil e conhecer o rendimento evita que esse desperdício ocorra.

Ao conhecer os dados dos rendimentos dos tecidos, é possível traçar estratégias que permitem um melhor aproveitamento e obter um retorno mais lucrativo da produção. Quer entender mais sobre o tema e descobrir como calcular o rendimento de tecidos? Confira o artigo abaixo!

O que é o rendimento de tecidos e malhas?

O rendimento dos tecidos e malhas é uma informação expressa por meio da avaliação da quantidade de tecidos que podem ser transformados em peças. Ele possibilita calcular os custos de uma forma que, ao levar outros valores em consideração, é possível obter exatamente qual é o valor utilizado para a produção de cada peça.

 

Rendimento de tecidos-E-book]Como garantir o controle de qualidade na indústria têxtil?

 

Como calcular o rendimento de tecidos e malhas?

O primeiro passo para realizar o cálculo é identificar as características dos tecidos que serão utilizados. Essas informações ajudam a nortear decisões importantes, até mesmo para escolher a linha e a agulha utilizadas na costura.

A gramatura é uma das informações mais importantes e ela costuma vir indicada na etiqueta do material. Caso não esteja, pode ser calculada a partir da fórmula da relação entre o peso do tecido e o metro quadrado.

Por meio da gramatura será possível classificar o tecido como leve, médio ou pesado, veja a tabela abaixo:

 

Rendimento de tecidos

 

Com essa informação em mãos, será possível calcular o rendimento linear e o técnico. Confira mais sobre como e porque fazer isso abaixo.

Rendimento Linear

O rendimento linear (RL) é o rendimento por m² do tecido em cada metro linear e considera a largura do tecido. Ele é calculado com a seguinte fórmula:

 

RL = 1 x 1000

largura total x gramatura

 

Vale ressaltar que, se o tecido for tubular, é preciso multiplicar a largura total por 2.

Rendimento técnico

Já o rendimento técnico é a informação sobre a área disponível em cada quilo de tecido e é calculado por meio da fórmula:

 

RT = 1 x 1000
gramatura

 

Viu como o processo é simples? E pode trazer excelentes mudanças nos processos das confecções.

 

Relacionados:

 

Benefícios de saber o rendimento

Apesar do cálculo parecer ser mais uma etapa e representar uma nova tarefa para a produção, ele pode proporcionar diversos benefícios que compensam. Para começar, com os cálculos em mãos é possível saber a quantidade exata de tecido a ser comprada. Com isso, há mais economia e são evitados custos com a compra excessiva de tecidos e de sobras.

Outro ponto é a possibilidade de saber exatamente qual é a capacidade produtiva do estoque com os insumos atuais. Por conta disso, uma das vantagens é a previsibilidade, que evita que haja paradas na produção por falta de insumos. Também é possível controlar melhor a qualidade dos insumos adquiridos, proporcionando uma melhora no controle de qualidade e evitando a fabricação de peças de segunda qualidade.

Já existem equipamentos que facilitam esse processo, é o caso da Revisadeira de Malhas e Tecidos. Ela possui diversas funções, entre elas a coleta de dados como metros de área útil, gramatura e largura. O processo fica mais simples e automatizado, sendo realizado de maneira muito mais rápida e efetiva do que a inspeção tradicional.

Além do rendimento de tecidos, outros problemas podem impactar nos custos da produção. Se o seu intuito é evitá-los e assegurar o máximo possível de previsibilidade e lucratividade, aproveite e confira agora mesmo os erros comuns no recebimento e avaliação de tecidos na confecção!