maio 13

Você está acompanhando as tendências do setor têxtil? A forma como você se mantém atualizado sobre as novidades do mercado, reflete diretamente na produtividade da indústria têxtil.

Isso porque, negócios que sabem o que está acontecendo ao redor conseguem se antecipar a cenários incertos, bem como, aproveitar as oportunidades que estão surgindo antes que a concorrência.

Então, para te ajudar neste sentido, listamos as principais tendências do setor têxtil. Continue a leitura e saiba mais!

Indústria 4.0: o futuro do setor têxtil já começou!

Antes de falar sobre qualquer tendência do setor têxtil, precisamos reforçar a importância do conceito Indústria 4.0. Afinal, a quarta revolução industrial já é uma realidade, e indústrias que ainda não trabalham para se atualizar, podem estar perdendo competitividade no mercado.

O especialista Robson Wanka foi responsável por implantar a primeira Planta de Indústria 4.0 das Américas no Setor de Confecção, em 2017. E quando conversamos com ele sobre o assunto, ele revelou que o Brasil ainda tem muito a avançar neste sentido.

Pois, segundo sua experiência de mercado, o setor têxtil continua operando como se vivesse na Segunda Revolução Industrial. E, conforme ele mencionou, quando os negócios adotarem este conceito na produção, contarão com benefícios como:

  • Ganho de tempo;
  • Redução de estoque;
  • Redução de área;
  • Maior assertividade;
  • Entregas just in time;
  • Fidelização dos clientes.

Logo, a indústria 4.0 é uma tendência que deve ser priorizada nas indústrias que querem sair na frente. Se você tem interesse em se aprofundar neste assunto, acesse e baixe agora nosso e-book sobre evolução da confecção 4.0!

Tendências sustentáveis

Sabemos que a preocupação com sustentabilidade já está presente em inúmeros negócios, incluindo no setor têxtil. Afinal, o segmento tradicionalmente é um dos que mais geram impactos ambientais.

Como já explicamos no blog, ainda há grande necessidade de usar água na fabricação têxtil. Este volume é de cerca de 150 litros para 1kg de tecido produzido.

Para completar, quando esta água não é tratada, pode provocar sérios danos à natureza. E ainda, existem outros fatores que causam a poluição do ar e do solo.

Portanto, hoje é importante entender que as ações sustentáveis permitem não só ganhos ao futuro da sociedade, como também dos negócios.

Isso porque, ao trazer esta tendência para os processos produtivos, é possível reduzir custos e riscos à saúde dos trabalhadores, além de agregar valor aos produtos e fidelizar clientes que se preocupam com esta causa.

Uma forma de adotar o conceito sustentável no dia a dia é por meio da tendência upcycling, ou seja, utilizar peças que seriam descartadas ou sobras de tecidos para realizar a customização de novas peças.

A economia circular também é outra tendência que contribui com os negócios neste sentido. Com ela, os produtos são fabricados para serem reaproveitados em fluxos cíclicos. Sendo assim, após o uso, retornam aos fabricantes para que sejam reutilizados.

Segundo especialista, o setor têxtil continua operando como se vivesse na Segunda Revolução Industrial.

Tecnologia e produtividade

Primeiramente, reforçamos que a tendência da automação eficiente de processos têxteis resulta em excelentes avanços nas indústrias, em todos os processos.

Com a tecnologia é possível prever diversos cenários. As máquinas com presets prontos, por exemplo, se ajustam a cada tipo de artigo, ajustes configurados com rapidez e precisão.

Além disso, já existem muitas soluções que permitem a análise de qualidade preventiva na indústria têxtil, o que norteia a tomada de decisão mais assertiva, antecipando problemas e diminuindo perdas.

Não podemos também deixar de mencionar a tendência do design thinking nesta abordagem, como citado no conteúdo da Febratex. Este novo conceito de pensamento criativo, quando aplicado na produção, permite solucionar muitos problemas logo na fabricação.

Desta forma, os designers trabalham não só para atender às demandas, como também, desenvolver projetos baseados em pesquisas, avaliações e elaboração de protótipos que, lá na frente, evitarão grandes danos.

Impactos das tendências têxteis nos resultados de 2021

No fim do ano passado, a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) estimou o crescimento para 2021 de 8,3% e 23% para manufaturas têxteis e vestuário, respectivamente. Além disso, a entidade adiantou que poderiam ser gerados 25 mil empregos no setor têxtil este ano.

Entretanto, recentemente, a projeção de crescimento do setor foi revista, e hoje fala-se em indicadores em torno de 12%, conforme publicado pelo Valor Econômico.

Vale lembrar que em 2020, ainda segundo a Abit, o setor têxtil encerrou o mês de dezembro contabilizando produção de 1,87 milhão de toneladas de manufaturados e 4,76 bilhões de unidades de vestuário.

Portanto, uma forma de driblar os impactos da pandemia nos negócios e manter a alta produtividade é acompanhando tendências que permitam a expansão da eficiência mesmo em cenários difíceis.

Informações compartilhadas pela FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) afirmam que muitas empresas estão usando o tempo de inatividade durante a pandemia para, dentro de sua capacidade de investimento, modernizar o parque industrial, implantando novas tecnologias.

Assim, estão garantindo que neste período de retomada da economia a produtividade e competitividade se mantenham elevadas e, mesmo diante dessas mudanças, consigam reduzir custos, evitar desperdícios e viabilizar processos mais sustentáveis na cadeia.

Expectativas dos consumidores

Tudo está mudando, inclusive a expectativa dos consumidores do setor têxtil. Afinal, não podemos nos esquecer que os clientes estão em busca de preços cada vez mais competitivos, e de produtos modernos, que considerem também os impactos ambientais.

Além disso, o conceito de Customer Experience, como explica a CS Academy, é uma tendência bastante relevante para o mercado atual, em todos os setores.

Este termo diz respeito a experiência que o cliente tem com a marca e o produto ao adquiri-lo.

Neste sentido, é essencial criar estratégias que influenciem a tomada de decisão da compra, pensando muito além dos preços.

Isso não só refletirá na fidelização do consumidor junto a marca, como também, na rentabilidade, uma vez que impacta no aumento de vendas.

Para completar, vale lembrar que os consumidores estão cada dia mais digitais. Ou seja, a tendência da comunicação online não pode ser ignorada.

Oferecer canais de contato e divulgar as soluções em perfis bem atualizados nas redes sociais pode contribuir com a forma como os clientes encontram e compartilham experiências sobre os produtos da sua indústria.

Como sugere o conteúdo do Consumidor Moderno, este é o momento de marcar presença nas redes sociais de interesse do seu público.

Completando, é fundamental investir em suporte como chats no site ou contato por WhatsApp, entre outras ferramentas que estreitem este relacionamento com o usuário.

E isso se aplica a empresas de todos os segmentos. O relatório Excelência de Experiência do Cliente Global da KPMG comprova que 80% dos CEOs perceberam que a pandemia de Covid-19 acelerou a transformação digital. Ou seja, esta tendência está cada vez mais presente no dia a dia nos últimos anos.

E então?

Esperamos que o conteúdo apresentado contribua com a forma como você acompanha o que vem por aí no setor têxtil. Pois pensar no futuro da indústria no presente permite alcançar muitos resultados lá na frente.

Todavia, estes são só alguns dos principais pontos que merecem sua atenção atualmente. Isso porque, quando falamos de tendências, existem várias a serem seguidas.

A cadeia têxtil não para e vem se transformando ano a ano, com muita velocidade e tecnologia. E as novas exigências dos consumidores impactam diretamente nesta evolução.

Atualmente, o uso de tecnologias como realidade virtual, realidade aumentada, ou ainda de técnicas em 3D, ganham cada vez mais relevância nos processos produtivos.

E a modernização de máquinas e equipamentos contribui com a redução de custos, enquanto atende às expectativas sustentáveis.

Logo, os produtos oferecidos ao consumidor final chegam ao mercado com preços mais competitivos e ainda atendem à preocupação de redução de impactos ambientais dos consumidores.

Enfim, são muitas novidades acontecendo a todo momento, e a forma como você se atualiza reflete diretamente na maneira como seu negócio aproveitará esta evolução industrial.

Portanto, temos uma dica para você, que quer ficar por dentro das novidades do setor têxtil: temos uma newsletter, na qual compartilhamos conteúdos para transformar o mercado!

Basta realizar sua assinatura gratuita e receber direto em seu e-mail as principais notícias e tendências do setor. Também enviamos materiais gratuitos e exclusivos, baseados na expertise da Delta Máquinas Têxteis, que vão te ajudar nesta jornada.

Clique e inscreva-se agora para não perder esta oportunidade de se atualizar com as melhores informações!